Interrupção do contrato de trabalho conforme art. 473, I, da CLT: a questão dos ascendentes e dos descendentes

O objetivo deste artigo é dissipar, de uma vez por todas, uma dúvida comum entre os concurseiros trabalhistas. Trata-se da interpretação do inciso I do art. 473 da CLT.

Com efeito, o referido art. 473 relaciona diversas hipóteses de interrupção do contrato de trabalho, ou seja, várias situações em que o empregado não presta serviços durante certo lapso de tempo, porém recebe normalmente o salário correspondente.

Siga nossas redes sociais facebooktwitteryoutubeblog

Autorizo receber newsletter do Prof. Ricardo Resende